Gabriela Bayerlein
Gabriela Bayerlein. Foto: Arquivo Pessoal / M2 Mídia

Antes mesmo da cultura fitness estar em alta, a modelo pernambucana Gabriela Bayerlein já fazia sucesso nas redes sociais incentivando o lifestyle saudável. A atleta, que integra a Seleção Brasileira de Culturismo e Musculação, foi uma das primeiras a mostrar sua rotina de treinos para seus seguidores nas redes sociais. Agora, em nova fase, ela quer inspirar donas de casa que ainda não fazem exercício físicos.

Gabriela Bayerlein
Gabriela Bayerlein. Foto: Arquivo Pessoal / M2 Mídia

Após o lançamento do livro Receitas Proteicas e Diets, em 2015, onde ela ensina receitas fáceis e cotidianas para manter a silhueta, a atleta pretende democratizar ainda mais o ‘fitness way of life’. “Estou trabalhando em um projeto voltado para quem de um jeito ou de outro não consegue ir até uma academia bem equipada, com profissionais sérios. Meu objetivo é fazer com que esses vídeos de treinos simples e caseiros cheguem até as donas de casa, mulheres simples que estão longe dos grandes centros e dessa cultura fitness que tomou conta das redes sociais”, disse.

Gabriela Bayerlein
Gabriela Bayerlein. Foto: Arquivo Pessoal / M2 Mídia

Para seguir com o seu projeto online, Gabriela inclusive recusou o convite para participar de um concurso na Mongólia. “Não dá para abraçar o mundo”, declarou ela, que também comanda uma academia alto padrão em Natal, no Rio Grande do Norte. “Já passo a maior parte do ano trabalhando fora do país, então não consigo conciliar tantas atividades em lugares diferentes. Mais do que o retorno financeiro, do meu trabalho mesmo, tenho a missão de disseminar essa cultura saudável. Atuo por um ideal”, garante.

Gabriela Bayerlein
Gabriela Bayerlein. Foto: Arquivo Pessoal / M2 Mídia

Além do projeto, a gata acabou de voltar de uma viagem por toda a América Latina. “Visitar nossos países vizinhos foi incrível porque temos histórias muito parecidas. Claro que não deixei de fazer os meus exercícios porque treinar é estilo de vida, não tem lugar inapropriado, mas participar de uma competição desse nível exige uma dedicação especial e não era o momento. O que importa é que estou feliz”.

Gabriela Bayerlein
Gabriela Bayerlein. Foto: Arquivo Pessoal / M2 Mídia
Gabriela Bayerlein
Gabriela Bayerlein. Foto: Arquivo Pessoal / M2 Mídia

Da Folha Geral, em Salvador*

*Com colaboração de (agência, assessoria ou especialista)